A medicalização do comportamento infantil

13.01.2013
, , , , , ,  - 

Uma entrevista minha para o Canal Saúde sobre as questões envolvidas no aumento cruel e vertiginoso na medicalização da vida – especialmente das crianças. Perdem as famílias e as crianças, perde a sociedade a sua capacidade de refletir e se transformar, ganha a indústria farmacêutica, lucrando bilhões vendendo drogas para pessoas saudáveis. Exceção feita, é claro, aos casos em que a medicação é realmente necessária – a minoria, hoje em dia.

Um doce – ou um antidepressivo de ação rápida – pra quem chegar até o fim…

Compartilhe !