Notícia importante: saúde e telefones celulares

09.05.2012
, , , ,  - 

Vão começar a aparecer mais e mais notícias deste tipo. Não interessa à ninguém – nem mídia, nem indústria, nem governos – estimular pesquisas que mostrem os riscos do celular. Mas eles são óbvios. Um deles, pra quem usa em excesso, é a perda auditiva e o zumbido. Cuidado com seus filhos, a barriga e fora dela. Quanto menos e mais longe, melhor. Palavra de pediatra, que passa horas por dia com a orelha fritando…

Grávidas devem ficar longe de celular, dizem cientistas

Estudo publicado neste mês por cientistas da escola de medicina da Universidade de Yale mostra que mulheres grávidas devem evitar ao máximo ficar perto de telefones celulares.

Durante dois anos, a equipe de Hanyia Naqvi e Hugh Taylor estudou os efeitos do uso dos telefones celulares por grávidas no desenvolvimento do cérebro dos bebês. Os pesquisadores prenderam dois aparelhos pelo lado de fora da gaiola das ratas e expuseram seus fetos à radiação constante até o nascimento. Os filhotes mostraram mudanças de comportamento sutis e pedaços de seu tecido cerebral responderam de forma diferente a estímulos elétricos.

Pelo estudo, ainda não é possível afirmar que os resultados sejam os mesmos em seres humanos, mas é um forte indício de que é preciso ter cuidado. Uma possibilidade é a de que a exposição à radiação possa ter prejudicado a memória dos ratinhos e tê-los tornado mais hiperativos.

Taylor, que dirige o departamento de reprodução e fertilidade da escola de medicina de Yale adverte seus pacientes: “Se você está no carro, ponha o celular no banco em vez de mantê-lo em seu bolso. Se você está em casa ou no trabalho, ponha o telefone na mesa. Essa é um gesto pequeno que faz muita diferença na exposição à radiação.”

Compartilhe !