Orgânicos: um futuro possível, sim

26.02.2013
, , , , , , , , , ,  - 

Muitos mitos são plantados para nos fazer acreditar que mudanças possíveis e necessárias são utópicas. Por exemplo: a estratégia central das indústrias que lucram com o aquecimento global é plantar dúvidas sobre a sua existência, quando já é consenso entre a grande maioria dos cientistas do planeta. Institutos de lobby com poderosas conexões com políticos conservadores e grandes empresas (tabaco, petróleo, algumas farmacêuticas), de forma muito inteligente, semeiam noticias de que os dados são contraditórios, os cientistas não tem consenso, ambientalistas são loucos e mentirosos, que a ação governamental para reduzir o aquecimento global pode colocar em risco a economia. Do mesmo modo, quando surgiram as primeiras evidências que o cigarro matava, a indústria do tabaco fez exatamente o mesmo (financiou estudos, artigos e eventos onde os males do cigarro eram colocados em questão ou negados), e incrivelmente, com os mesmos atores – tais como o Heartland Institute e a Heritage Foundation (se tiver interesse veja estes nomes no Google – é impressionante).

No caso do agronegócio, a estratégia é nos fazer acreditar que sem eles morreríamos de fome, que a agricultura orgânica é inviável e não daria conta das necessidades humanas. Não é bem assim. Talvez ao contrário: se pensarmos em nossos filhos e netos, se o agronegócio continuar predatório, aí sim eles podem passar fome. As práticas da agricultura monopolista e de larga escala, baseada em agrotóxicos, estrangulamento de pequenos produtores, uso maciço e desperdício de água, monopólio de sementes e outras estão destruindo o solo onde deveriam ser plantados os alimentos para nossos filhos e netos.

Neste rápido vídeo abaixo, assinado pela Oxfam, alguns desses mitos são desconstruídos de forma simples e elegante. Sim, a utopia é possível. Como mostrou também André Trigueiro neste incrível programa sobre práticas sustentáveis em torno de Itaipu - http://www.mundosustentavel.com.br/2013/01/usina-de-itaipu-se-torna-referencia-na-gestao-de-projetos-sustentaveis/.

É o mundo onde nossos filhos vão viver. Se pudermos contribuir para melhorá-lo…

Aqui o video da Oxfam:
http://www.youtube.com/user/campanhacresca?feature=watch

Compartilhe !