Olhos, boca e coração

27.02.2012
, , ,  - 

Adivinhar o que bebês estão pensando é sempre um desafio, às vezes fascinante. No início, pânico: como vou adivinhar o que ele precisa? Com o passar dos meses, ficamos mais espertos para distinguir um choro de sono, fome ou fralda molhada. Lá pelos 5/6 meses – geralmente quando estão prontos para começar a comer sólidos – os bebês lançam olhares desconfiados e curiosos para os pais quando estes estão… comendo.

Este é justamente o momento em que eles começam a olhar para a boca quando falamos. Pois é: em janeiro de 2012, a Proceedings of the National Academy of Sciences publicou um estudo de 120 bebês de 4 a 12 meses de idade, analisando o movimento dos seus olhos enquanto seus pais falavam. Até os quatro meses os bebês olham nos olhos de seus pais. Em torno dos seis meses, no entanto, uma mudança dramática acontece: os bebês passam a ler os lábios dos pais atentamente. Quando alguém fala, eles olham para a boca – aparentemente estão encantados com essa “coisa” da fala e tentando desvendar o que significa. Lá pelos 12 meses de idade, os bebês que se desenvolvem normalmente voltam a observar os olhos durante a conversa.

Há muito tempo recomendamos conversar de perto, com dicção clara para os bebes, justamente acima de 5-6 meses. Ler livrinhos também vale a partir desta idade – apropriados é claro (evite Tolstoi). Uma ótima forma de estimular uma das forma mais elevadas de inteligência de nossas crianças: a capacidade de comunicar.

Fonte: drgreene.com

Compartilhe !